Entenda

Quem é Jesus

Batismo e Ceia Memorial

Dízimos e Ofertas

Celebração de Domingo

Por Dentro da Bíblia

Conferência Missão na Cidade

Quem Ama Se Envolve

Batismo e Ceia Memorial

Quando alguém tem um encontro com Jesus Cristo, entra em relacionamento de perdão e amor com Ele e o confessa como Senhor e Salvador, experimenta, então, o que a Bíblia chama de novo nascimento. Esse novo nascimento é uma realidade interna, espiritual, produzida pelo Espírito de Deus quando alguém crê em Jesus e o confessa como Senhor e Salvador. O Batismo é o símbolo externo dessa realidade interna e é um mandamento de Jesus, tendo Ele próprio o cumprido quando foi batizado por João Batista. O Batismo é também o símbolo de algumas coisas muito importantes: 

 

  1. No batismo declaramos que Jesus está no centro de nossa vida;

  2. No batismo começa um processo de crescimento espiritual;

  3. No batismo obedeço a um mandamento;

  4. No batismo vivo o arrependimento e não o remorso;

  5. No batismo eu selo um pacto de comunhão com Deus. 

 

Então, o que é necessário para alguém se batizar? É preciso Crer. Crer que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Crer que Jesus Cristo entrou em nossa história e nos livrou das amarras do pecado. Crer que nosso passado foi apagado pelo sangue precioso de Jesus. Crer que nascemos de novo e que somos uma nova pessoa para viver uma nova vida! "Portanto, fomos sepultados com ele na morte por meio do batismo, a fim de que, assim como Cristo foi ressuscitado dos mortos mediante a glória do Pai, também nós vivamos uma vida nova" (Rm 6.4). 

 

A Ceia do Senhor ou Ceia Cerimonial é a festa da comunhão em lembrança do sacrifício de Cristo. O sentido da Ceia é a comunhão do corpo de Cristo - a igreja. O pão e o vinho são símbolos de algo que é espiritual – a comunhão -, o estar juntos em unidade de pensamento e propósito. Não faz sentido alguém se dizer seguidor de Jesus e não participar regularmente da celebração da Ceia Cerimonial. A Ceia não é uma sugestão de Jesus; é um mandamento. Portanto, além de cumprir uma ordenança, temos o prazer e alegria de celebrar a comunhão com Deus e com nossos irmãos.

 

"Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim. "Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados. Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido". (João15.4-7). "Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor, até que ele venha... examine-se cada um a si mesmo, e então coma do pão e beba do cálice". (1Cor 11.26,28).

 

Como membro do corpo de Cristo, não perca jamais a oportunidade de celebrar a comunhão entre os irmãos e celebrar a salvação que ganhamos na morte e ressurreição do Senhor Jesus Cristo.